Café pode proteger contra o melanoma

Estudo publicado no “Journal of the National Cancer Institute”

26 janeiro 2015
  |  Partilhar:

O consumo de café pode ajudar a proteger contra o desenvolvimento de melanoma, o tipo mais mortal de cancro da pele, sugere um estudo publicado no “Journal of the National Cancer Institute”.
 

Estudos anteriores já tinham sugerido que o consumo desta bebida protegia contra os cancros da pele não melanoma, contudo o efeito do café no melanoma ainda não estava perfeitamente clarificado.
 

De forma a tentar aprofundar esta questão, os investigadores do Instituto Nacional do Cancro e da Universidade de Yale, nos EUA, contaram com a participação de 447.357 indivíduos que não tinham cancro no início do estudo.
 

Os participantes foram convidados a completar um questionário de frequência alimentar no início do estudo, que detalhou a ingestão de café. A incidência do melanoma foi monitorizado durante uma média de 10,5 anos. Durante este período verificou-se que 2.905 participantes desenvolveram melanoma.
 

O estudo apurou que quanto maior era a quantidade de café consumida diariamente, menor era o risco de desenvolvimento de melanoma ao longo do período de acompanhamento. Os investigadores verificaram que o consumo diário de quatro chávenas de café estava associado a um risco 20% menor de melanoma.
 

Estes resultados mantiveram-se inalterados mesmo após os investigadores terem tido em conta a idade, sexo, índice de massa corporal, consumo de álcool, antecedentes tabágicos e exposição à radiação ultravioleta (um fator de risco primário para o cancro de pele) dos participantes.
 

De acordo com os autores do estudo, esta associação foi apenas verificada entre os participantes que consumiam café com cafeína. Adicionalmente, o café apenas reduziu o risco de melanoma maligno, não o melanoma in situ – tumores em que as células de melanoma não se disseminaram para além das células da pele.
 

Apesar destes resultados serem prometedores, uma das autoras do estudo, Erikka Loftfield, refere que estes não significam que as pessoas devem beber mais café para diminuir o risco de cancro. “A coisa mais importante que as pessoas podem fazer para reduzir o risco de melanoma é diminuir a exposição ao sol e aos raios UV”, conclui.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.