Café pode proteger a visão?

Estudo publicado no “Journal of Agricultural and Food Chemistry”

12 maio 2014
  |  Partilhar:

O café tem sido recentemente associado a vários benefícios para a saúde. Agora o estudo publicado no “Journal of Agricultural and Food Chemistry” defende que o café pode impedir a deterioração da visão e possivelmente a cegueira.
 

Os grãos de café têm, em média, apenas um por cento de cafeína, mas cerca de sete a nove por cento de ácido clorogénico (CLA, sigla em inglês), um antioxidante que tem sido associado a muitos benefícios para a saúde, nomeadamente perda de peso e redução da pressão arterial.
 

Estudos anteriores já tinham constatado que o CLA poderia funcionar como um potente neuroprotetor. Adicionalmente tem surgido um grande interesse na identificação de compostos neuroprotetores que bloqueiam a hipoxia, ou seja a privação de oxigénio.
 

A retina contém milhões de células sensíveis à luz e outras células nervosas que recebem e organizam a informação visual. Este é também um dos tecidos mais metabolicamente ativos, necessitando de elevados níveis de oxigénio o que o torna propenso ao stress oxidativo. A falta de oxigénio e produção de radicais livres conduz a danos dos tecidos e perda de visão.
 

Neste estudo, os investigadores da Universidade de Cornell , nos EUA, testaram o efeito do CLA nas células ganglionares da retina que tinham sido expostas à hipoxia. Os danos celulares foram reduzidos através do tratamento com óxido nítrico. Contudo, os efeitos foram mais evidentes quando as células foram pré-tratadas com extrato de café e CLA.
 

O estudo apurou que o extrato de café e o CLA diminuem a morte das células ganglionares da retina através da diminuição da expressão de uma proteína encontrada na superfície das células.
 

“Este estudo mostra que o extrato de café e o CLA são responsáveis pela redução da apoptose das células ganglionares da retina induzida pela hipoxia ou óxido nítrico. Desta forma o consumo de café poderá fornecer um benefício de saúde adicional impedindo a degeneração da retina”, concluem os autores do estudo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.