Café associado a incontinência urinária nos homens

Estudo publicado no “The Journal of Urology”

21 janeiro 2013
  |  Partilhar:

Os homens que consomem cerca de duas chávenas de café por dia, ou a quantidade equivalente de cafeína, apresentam um risco maior de sofrer de incontinência urinária, dá conta um estudo publicado no “The Journal of Urology”.
 

Estudos anteriores já tinham constatado que havia uma associação entre o consumo de café e a incontinência urinária nas mulheres. Contudo, a evidência desta associação entre os homens era limitada.
 

Neste estudo os investigadores da University of Alabama, nos EUA, analisaram os dados de cerca de 4.000 indivíduos americanos que tinham mais de 20 anos. Foram recolhidas informações sobe o consumo de alimentos e bebidas, que permitiram aos investigadores determinar o consumo de café, água e quantidade total de líquidos ingeridos através da dieta. Os investigadores também utilizaram a escala de avaliação Incontinence Severity Index, na qual uma pontuação igual ou menor que três está associada a uma incontinência urinária moderada.  
 

Após terem ajustado alguns fatores que poderiam influenciar os resultados, os investigadores liderados por Alayne D. Markland constataram que os homens que consumiam as maiores quantidades de café tinham um maior risco de ter incontinência urinária, comparativamente com aqueles que bebiam pouco café ou que simplesmente não bebiam.
 

O estudo apurou que os indivíduos que consumiam 234 mg ou mais, por dia de cafeína apresentavam um risco 72% maior de ter incontinência urinária, moderada a severa, comparativamente com aqueles consumiam uma menor quantidade. Os homens que ingeriam cerca de 393 mg de cafeína por dia tinham um risco duas vezes maior de ter este tipo de problema urinário. Pelo contrário o consumo de água não estava associado a este risco.
 

Apesar de os autores do estudo não terem identificado a causa da associação entre o consumo de café e o desenvolvimento de incontinência urinária, na opinião de Alayne D. Markland isto é algo que deve ser considerado. Assim, a investigadora aconselha as pessoas com problemas de incontinência urinária a modificar os seus hábitos de consumo de café.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.