Cães são piores que gatos para asmáticos

Estudo alerta para substâncias alérgicas dos animais domésticos

08 julho 2003
  |  Partilhar:

Se pensava que os gatos eram os piores animais de companhia dos asmáticos, este estudo vem acrescentar algumas preocupações para os doentes que amam os cães.
 

Cientistas norte-americanos afirmam que cães representam mais riscos para pessoas asmáticas do que gatos, quando são mantidos dentro de casa.
 

 

Há muito tempo que se sabe que as alergias causadas por animais domésticos podem desencadear crises de asma, mas a descoberta inverte uma impressão comum – a de que é pior ter um gato quando se sofre da doença.
 

 

A equipa avaliou as reacções de 809 asmáticos a substâncias alérgicas encontradas em animais domésticos, insectos e plantas. «Embora muita gente tenha apresentado reacções aos gatos, os cães ficaram em primeiro lugar na promoção de alterações na actividade pulmonar dos asmáticos», disse o pediatra Tim Craig, da Escola de Medicina Penn State, líder do estudo.
 

 

O estudo mostrou que 72 por cento dos pacientes estudados apresentaram reacções alérgicas aos gatos, contra 38 por cento afectados pelos cachorros.
 

 

No entanto, os cães motivaram reacções mais poderosas no caso dos asmáticos, afectando as três funções dos pulmões testadas pelo estudo. Isso sugere que as substâncias alérgicas presentes nos cães causam mais irritações que as dos felinos. E o cientista alerta: «Este estudo mostra que nós, médicos, precisamos nos esforçar em convencer as pessoas de que elas deveriam encarar os seus animais domésticos como um factor importante quando querem controlar a asma».
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 3
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.