Cacau pode ajudar na prevenção do cancro do cólon

Estudo publicado no “Molecular Nutrition & Food Research”

30 janeiro 2012
  |  Partilhar:

O consumo de cacau pode ajudar na prevenção de problemas intestinais associados ao stress oxidativo, incluindo o início do cancro do cólon causado por substâncias químicas, sugere um estudo publicado na revista “Molecular Nutrition & Food Research”.

 

"A exposição a toxinas, a agentes mutagénicos e pró-carcinogénicos na dieta torna o muco intestinal mais suscetível ao desenvolvimento de certas patologias. Os alimentos como o cacau, que é rico em polifenóis, parecem desempenhar um papel importante na proteção contra estas doenças", revelou, em comunicado de imprensa, a principal autora do estudo, María Ángeles Martín.

 

Neste estudo os investigadores do Institute of Food Science and Technology and Nutrition, na Nova Zelândia, alimentaram, durante oito semanas, ratinhos com uma dieta rica em cacau e aos quais foi induzida a carcinogénese.

 

O estudo revelou que quatro semanas após a administração do composto químico azoximetano o muco intestinal dos animais apresentou lesões neoplásicas pré-malignas, consideradas bons marcadores da patogénese do cancro do cólon.

 

Os investigadores constataram que os ratinhos alimentados com uma dieta rica em cacau apresentaram uma redução significativa no número de lesões no cólon, induzidas pela substância carcinogénica. Da mesma forma, houve uma melhoria nas defesas antioxidativas endógenas e uma diminuição nos marcadores de dano oxidativo induzido pelo composto tóxico.

 

Os investigadores concluem que o efeito protetor de cacau pode impedir as vias de sinalização das células envolvidas na proliferação celular e, portanto na neoplasia e formação de tumores.

 

O estudo também revelou que, os animais alimentados com a dieta rica em cacau apresentaram um aumento na apoptose ou morte celular programada como um mecanismo de quimioprevenção contra o desenvolvimento da carcinogénese.

 

Apesar de ser necessário realizar mais estudos para determinar quais os compostos bioativos do cacau que são responsáveis por estes efeitos, os autores concluem que uma dieta rica em cacau parece reduzir o stress oxidativo induzido. Adicionalmente o cacau parece ter propriedades de proteção nos estadios iniciais do cancro de cólon, uma vez que reduz a formação de lesão neoplásica pré-maligna.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.