Cabo Verde no topo da lista sobre uso do preservativo em África

Dados da ONUSIDA

08 abril 2009
  |  Partilhar:

Cabo Verde ocupa o primeiro lugar de uma lista de mais de 40 países da África subsaariana no que diz respeito ao uso de preservativos, segundo revelam dados da ONUSIDA.

 

Os dados, que são omissos em relação aos restantes quatro Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP - Angola, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe), indicam que, em Cabo Verde, pelo menos 69% dos homens que tiveram mais do que um parceiro sexual nos últimos 12 meses declararam ter usado preservativo.

 

Os dados de Cabo Verde, onde a taxa de prevalência de SIDA é também uma das mais baixas do continente (0,8%), são ainda mais expressivos se se tiver em conta que o Burkina-Faso, país que se encontra mais próximo do arquipélago, tem uma taxa de 43%, seguido pelo Lesoto (41%) e Camarões (38%).

 

No fim da tabela, aparecem Madagáscar e Etiópia (ambos com 9%) e o Ruanda (8%).

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.