Cabinas de bronzeamento artificial podem provocar cancro na pele
12 maio 2002
  |  Partilhar:

O Grupo Espanhol de Cancro Renal e Melanoma advertiu, a
 

propósito do Dia Europeu do Melanoma, que hoje se comemora, que as cabinas de bronzeamento artificial não são mais
 

seguras do que os raios ultravioletas do sol e apresentam igual risco de cancro de pele.
 

 

José Luis Gonzãlez Larriba, presidente do grupo, diz, num
 

comunicado, que "o perigo está em que, com o uso, os raios UVA (ultravioleta do tipo A), que estas cabinas emitem, se transformam em raios UVB (ultravioleta tipo B), principal factor do desencadeamento do melanoma maligno".
 

 

A incidência do melanoma em Espanha ronda os 11 casos por
 

cem mil habitantes, embora as estatísticas variem conforme os hábitos de apanhar sol.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.