Bupropiom ajuda a aliviar sonolência e fadiga excessivas em doentes com Depressão Major

Estudo apresentado no Congresso Europeu de Psiquiatria

09 abril 2008
  |  Partilhar:

Um estudo do Massachusetts General Hospital revela que 300 mg por dia de bupropiom é tão eficaz como os inibidores selectivos de recaptação da serotonina (SSRIs) na remissão na perturbação depressiva major.
 

 

O estudo apresentado pelo líder da investigação, George I Papakostas, no 16º Congresso Europeu de Psiquiatria (AEP) realizado em Nice, França, refere que os doentes tratados com bupropiom também têm menor probabilidade de manter sintomas residuais de sonolência e fadiga, que são frequentes e que estão associados quer a um deficiente desempenho psicossocial, quer a um aumento das taxas de recaída.
 

 

Foram analisados dados de seis ensaios clínicos na perturbação depressiva major, aleatorizados e em dupla ocultação, que compararam bupropiom (n=662) com um SSRI (n=655). No total, foram identificados para esta análise 343 doentes tratados com bupropiom, em doses de até 300 mg por dia (de acordo com a dose aprovada na Europa), e 656 doentes tratados com SSRI para comparação.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.