BSE com nova teoria

Estudo britânico diz que doença veio do Sul da Ásia e teve origem humana

01 setembro 2005
  |  Partilhar:

A doença das vacas loucas pode ter começado porque o gado no Reino Unido foi alimentado com rações que continham restos humanos recolhidos no rio Ganges, na Índia.Na teoria que será publicada sábado, dia 3, na revista "The Lancet", os investigadores afirmam que as importações destinadas à alimentação animal começaram nos anos 50 do século XX e duraram até aos anos 70.Os produtos importados incluíam restos de corpos humanos parcialmente calcinados em cerimónias fúnebres da religião hindu e recuperados nas águas do Ganges, que poderiam ser portadores da doença de Creutzfeld-Jakob, da mesma família que a encefalopatia espongiforme bovina (BSE), ou "doença das vacas loucas".A teoria agora revelada por Alan Colchester, professor de medicina e ciências da saúde da University of Kent, e por Nancy Colchester, da veterinary Medicine da University of Edinburgh, inverte a ordem cronológica da infecção, atribuindo aos humanos o contágio das vacas, e não o contrário.Fonte: LusaMNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.