Brinquedos tradicionais fomentam comunicação oral das crianças

Estudo publicado no “JAMA Pediatrics”

30 dezembro 2015
  |  Partilhar:
Os livros e os brinquedos tradicionais, como os puzzles, potenciam mais a comunicação entre os pais e os filhos do que os brinquedos eletrónicos que produzem luzes, palavras e músicas, defende um estudo publicado no “JAMA Pediatrics”.
 
Atualmente os pais têm cada vez menos tempo para brincar com os filhos devido à situação financeira, horário laboral e outros fatores familiares. Desta forma é importante otimizar a qualidade do tempo tão limitado que os pais têm para brincar com os filhos.
 
Foi neste contexto que os investigadores da Universidade do Norte do Arizona, nos EUA decidiram averiguar de que forma o tipo de brinquedos utilizados poderia afetar a quantidade e qualidade da linguagem entre os pais e os filhos.
 
Para o estudo os investigadores gravaram as conversas que 26 pares de pais e filhos, com idades compreendidas entre 10 a 16 meses, tinham nas suas casas durante o tempo em que brincavam. Foi fornecido aos participantes três tipos de brinquedos: eletrónicos (um computador para bebés, um telefone para bebés e um quinta que produzia sons), brinquedos tradicionais (um puzzle, blocos de borracha com fotografias) e cinco livros com animais, formas ou cores.
 
Os investigadores verificaram que quando brincavam com os brinquedos eletrónicos, os adultos utilizavam menos palavras, havia uma menor troca de palavras entre os pais e os filhos, bem como havia uma menor produção de palavras de conteúdo específico comparativamente quando brincavam com brinquedos tradicionais ou livros. As crianças também vocalizavam menos quando brincavam com brinquedos eletrónicos, do que quando brincam com os livros.
 
O estudo também apurou que os pais utilizavam menos palavras e também produziam menos palavras de conteúdo específico quando brincavam com brinquedos tradicionais, comparativamente quando visualizavam livros com os filhos.
 
"Estes resultados fornecem uma base para desencorajar a compra de brinquedos eletrónicos que são promovidos como educativos e que por vezes são muito dispendiosos. Estes resultados também apoiam os benefícios dos livros de leitura para as crianças pequenas”, concluem os investigadores.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.