Brilho dos pirilampos detecta cancro da próstata

Novo processo permite detectar células cancerígenas

23 julho 2002
  |  Partilhar:

O químico que faz os pirilampos brilhar está a ser usado por cientistas norte-americanos para diagnosticar o cancro da próstata. Este novo processo permite localizar as células cancerígenas, o que facilita o seu tratamento.
 

 

Investigadores da Universidade da Califórnia, em Los Angeles (UCLA), desenvolveram uma técnica que ajuda no diagnóstico do cancro da próstata. Actualmente, o diagnóstico é feito pelo teste PSA, que detecta a presença de um químico libertado pelos tumores, e por biópsias, mas estes cientistas descobriram um novo método.
 

 

Estes investigadores vêm agora propor a utilização de um vírus geneticamente modificado, que detecta as células cancerígenas e lhes associa a substância que faz os pirilampos brilhar. Posteriormente, um sistema tecnológico de imagem detecta as células «marcadas» com o brilho e analisa até que ponto o cancro está desenvolvido.
 

Lily Wu, professora de urologia e pediatria da UCLA, explica que «quando se sabe onde o cancro está, é mais fácil tratá-lo, e é muito melhor do que submeter todo o corpo à quimioterapia».
 

 

A UCLA realizou experiências com ratos. Três semanas após os ratos com tumores terem sido infectados com o vírus «luminoso», uma câmara especial conseguia localizar grupos de células cancerígenas junto da coluna e dos pulmões dos ratos.
 

 

Investigações futuras pretendem optimizar este vírus por forma a que ele se torne capaz de combater activamente as células cancerígenas, e não apenas identificá-las com o «brilho».
 

 

Um porta-voz do Prostate Cancer Charity falou à BBC das dificuldades deste projecto. «Não se sabe se será uma ideia revolucionária ou banal», afirmou. Acrescentou que identifica dois problemas: os cientistas têm de adaptar a tecnologia de imagem para funcionar com humanos em vez de ratos e desenvolver os tratamentos baseados na terapia genética.
 

 

Fonte: Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.