Brasil vai formar 12 médicos moçambicanos no combate à Sida
21 junho 2001
  |  Partilhar:

Um grupo de 12 médicos e especialistas moçambicanos da área de Saúde desloca-se ao Brasil no próximo mês para receber acções de formação no combate à Sida.
 

 

A acção resulta de um acordo de cooperação assinado ontem entre o presidente brasileiro, Fernando Henrique Cardoso, e o presidente moçambicano, Joaquim Chissano.
 

 

Segundo o director nacional adjunto do Ministério de Saúde de Moçambique, Avertino Luís Barreto, o pacote de medidas acordado com o Brasil envolve não apenas acções de prevenção e tratamento do doente, mas também apoio à família.
 

 

Diariamente surgem 700 novos casos de Sida em Moçambique e o governo daquele país contabiliza, actualmente, 1,6 milhão de pessoas contaminadas com o vírus HIV, além de 80 mil grávidas infectadas.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.