Bragança vai testar mecanismos de resposta a gripe sazonal

Simulação para eventual pandemia

03 agosto 2006
  |  Partilhar:

A sub-região de Saúde de Bragança vai aproveitar o período de maior incidência da tradicional gripe, no próximo Inverno, entre Novembro e Fevereiro, para testar a capacidade de resposta a uma eventual pandemia da gripe das aves, informou a instituição. Esta simulação será para manter nos anos seguintes. Alguns centros de saúde do Nordeste Transmontano vão ter condições específicas de atendimento aos doentes com gripe, de acordo com os procedimentos definidos pela Direcção Geral de Saúde (DGS) para uma situação de eventual pandemia da gripe das aves. De acordo com a coordenadora da sub-região, Berta Nunes, o número de centros de saúde dependerá da sua adesão à proposta lançada por aquele organismo para a realização desta simulação, que deverá começar a ser preparada em Setembro/Outubro. Ainda segundo esta responsável, os centros de saúde que aderirem vão disponibilizar uma linha telefónica para a qual devem ligar os doentes com sintomas de gripe. Os procedimentos implicam ainda a distribuição de máscaras cirúrgicas aos doentes e fatos de protecção adequados para os profissionais, que a sub-região está a adquirir. Pelo telefone, os utentes serão informados da hora da consulta e do local, que será separado do restante movimento do respectivo centro de saúde, para isolar os doentes e evitar a transmissão da gripe a outros utentes. Se algum caso de gripe das aves fosse detectado e validado, o doente seria transportado pelo INEM para o único hospital de referência da zona Norte para lidar com a variante humana da gripe das aves, o hospital de São João, no Porto.Fonte: Lusa MNI- Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.