Braçadeira ajuda a recuperar movimentos após AVC

Estudo publicado no “American Journal of Physical Medicine & Rehabilitation”

22 março 2007
  |  Partilhar:

 

Uma braçadeira robótica criada por cientistas do Massachusetts Institute of Technology (MIT) aumentou incrivelmente a mobilidade de seis pacientes que tinham sofrido AVC, aponta um estudo publicado no “American Journal of Physical Medicine & Rehabilitation”.
 

 

A destruição das células cerebrais provocadas por um Acidente Vascular Cerebral (AVC) pode causar perda de funções em diversas partes do corpo, sendo os membros uma das áreas mais atingidas.
 

 

A braçadeira, feita de um material leve, encaixa no braço do paciente, onde são colocados sensores na frente e na parte de trás do mesmo – para detectarem pequenas contracções musculares, que accionam um motor, o qual permite ao utilizador controlar os movimentos do membro.
 

 

Na experiência, os pacientes participaram em sessões de uma hora de duração com o aparelho, nas quais era-lhes solicitado para moverem blocos ou ligarem e desligarem interruptores. "A meta é reabilitar o membro, não tornar (o paciente) um dependente do aparelho", afirmou McBean, um dos investigadores que desenvolveu o aparelho. Os cientistas descobriram que os melhores candidatos a usar a braçadeira mecânica são os pacientes que possuem algum tipo de movimento no membro afectado.
 

 

Os criadores do aparelho estimam que ele deverá custar entre 5 mil e 10 mil dólares e que não deverá ser coberto pelas seguradoras nos primeiros anos em que estiver no mercado. O aparelho aguarda, entretanto, a aprovação da Food and Drug Administration (FDA).
 

 

MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.