Bolseiros de Investigação pedem aumento

Associação entrega petição no Ministério da Ciência

16 abril 2009
  |  Partilhar:

A Associação de Bolseiros de Investigação Científica exigiu ao Ministério da Ciência um aumento das bolsas, reiterando que os bolseiros não são aumentados há sete anos, pelo que já perderam quase 20% de poder de compra.

 

A Associação de Bolseiros de Investigação Científica (ABIC) reuniu-se, na semana passada, com o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, para entregar um abaixo-assinado com cinco mil assinaturas a pedir um aumento do valor das bolsas.

 

“Desde 2002 que os bolseiros em Portugal não têm qualquer aumento, nem mais protecção social, nem mais coisa nenhuma e, segundo as nossas contas, em 2008 já tínhamos perdido 20% do poder de compra”, disse à Lusa a presidente da ABIC, Luísa Mota, depois da reunião com o secretário de Estado.

 

No final da reunião, a presidente da ABIC disse-se satisfeita, dado que “o senhor secretário de Estado está interessado em reunir connosco proximamente numa reunião só para discutir esta questão do aumento das bolsas, o que já é muito positivo.”

 

A ABIC estima que em Portugal haja cerca de dez mil bolseiros, podendo o número por vezes oscilar entre os oito mil e os 12 mil, já que não há dados rigorosos, sabendo-se apenas que, pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), são cerca de cinco mil.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.