Bocejos são mais frequentes no Inverno quando a temperatura do ar é inferior à do corpo

Estudo da Universidade de Princeton

28 setembro 2011
  |  Partilhar:

Bocejar pode ser um mecanismo para arrefecer o cérebro, uma vez que a temperatura dos cérebros é regulada com a troca de calor com o meio ambiente através dos bocejos, aponta um estudo da Universidade de Princeton, nos EUA.

 

No estudo, liderado por Andrew Gallup, os investigadores documentaram a frequência dos bocejos em 160 voluntários durante um Verão e um Inverno. Verificaram que as pessoas tendem a bocejar duas vezes mais no Inverno, quando a temperatura externa é muito menor do que a dos seus corpos. Isto, explicaram os cientistas à BBC, está relacionado com o facto de o ar ser mais quente no Verão, quando a temperatura é semelhante com a dos nossos corpos, facto, pelo qual, os cérebros não necessitam de realizar essa troca de calor com o meio ambiente.

 

O estudo explica que a temperatura cerebral é influenciada pela quantidade de processamentos que o cérebro tem que fazer, a temperatura do sangue e a velocidade com que o sangue circula no cérebro. Segundo o cientista, os cérebros super-aquecidos também causam a sensação de tontura, o que explicaria o facto de bocejarmos quando estamos com sono.

 

"Quando a temperatura é mais alta, tendemos a sentir mais cansaço. Pouco antes de dormir, a temperatura do nosso corpo é a mais alta do que durante o dia", explicou o especialista, acrescentando que se trata do primeiro estudo “a mostrar que os bocejos variam de acordo com a estação do ano".

 

"As implicações são intrigantes, não só em termos de conhecimento básico de fisiologia, mas são úteis para entendermos melhor doenças como a esclerose múltipla e a epilepsia, que são geralmente acompanhadas por bocejos frequentes e disfunção termo-regulatória."

 

Um estudo anterior realizado com ratinhos, que também contou com a participação de Gallup, indicou que os bocejos são provocados pelo aumento rápido na temperatura do cérebro, que diminui após a actividade.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.