Bloco de esquerda avança com legislação para bancos de esperma
01 novembro 2003
  |  Partilhar:

O Bloco de Esquerda quer que os 300 mil portugueses que sofrem de infertilidade tenham acesso gratuito e confidencial às técnicas de reprodução medicamente assistidas. Para acabar com o carácter clandestino dessas práticas em Portugal, apresentou, na semana passada,  dois projectos de lei que visam regulamentar as questões mais importantes que estes métodos levantam.A situação actual – vazio legal, ou seja, nada proíbe – permite que cada clínica empregue as técnicas disponíveis de acordo com os critérios de quem as dirige, o que, se traduz em práticas muito diferentes. O Bloco considera que a lentidão do legislador nesta matéria é inaceitável e, depois de ouvir diversos especialistas, decidiu avançar com duas propostas legislativas que enquadram os aspectos fundamentais das técnicas médicas que tratam problemas de infertilidade e da utilização de embriões e células estaminais para investigação científica.Fonte: Jornal de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.