Bisfosfonatos associados a maior risco de fractura rara do fémur

Alerta da FDA

21 outubro 2010
  |  Partilhar:

A agência federal dos EUA para a saúde e a alimentação (FDA) emitiu um alerta a médicos e doentes sobre o risco acrescido de fracturas do fémur com a toma de um grupo de medicamentos largamente prescritos para o tratamento da osteoporose.

 

Em comunicado de imprensa, citado pela agência Lusa, a FDA refere que os pacientes que tomam fármacos com bisfosfonatos, como Fosamax e Boniva, têm uma maior probabilidade de sofrer um tipo raro de fractura do fémur. As fracturas ocorrem mesmo abaixo da ligação com a anca e correspondem a menos de 1% de todas as fracturas do fémur. “Estas fracturas raras do fémur têm sido relatadas predominantemente em doentes que tomam bisfosfonatos”, informou a agência no mesmo comunicado, adiantando que, embora, não esteja claro se os fármacos provocam o problema directamente, vai, contudo, actualizar os folhetos informativos respectivos com este risco potencial.

 

De momento não existem orientações sobre o tempo que os doentes devem tomar o fármaco, mas a FDA adianta que as fracturas “podem estar relacionadas com o uso dos bisfosfosnatos por períodos superiores a cinco anos”. A agência aconselhou os doentes a não suspenderem a medicação, a não ser que o seu médico decida interromper a sua toma.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.