Bioética : Protecção do património genético vai ser debatida na UNESCO
30 setembro 2001
  |  Partilhar:

A protecção da diversidade cultural, do património da humanidade e do património genético são três das grandes questões que vão ser estudadas pelos 58 membros do Conselho Executivo da UNESCO, numa sessão que começa terça-feira.
 

 

O órgão dirigente da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) vai analisar, entre outras questões, o programa de bioética desta entidade e as suas prioridades.
 

 

O Conselho da UNESCO vai debater também as recomendações do Comité Internacional da Organização e do Comité Intergovernamental de Bioética sobre os progressos da investigação genética.
 

 

Neste sentido, o Conselho vai estudar a possibilidade de criar um instrumento internacional para prevenir a utilização abusiva de dados genéticos.
 

 

A UNESCO prevê que cerca de trinta titulares da pasta da Ciência participem numa mesa redonda sobre o "desafio internacional" da bioética, a 22 e 23 de Outubro, coincidindo com a Conferência Geral da organização.
 

 

Portugal foi também convidado para participar nesta reunião.
 

 

O director geral da UNESCO, Koichiro Matsuura, vai apresentar ao Conselho um relatório sobre o seguimento da Conferência Mundial da Ciência (Budapeste, 1999) e do Fórum Mundial da Educação (Dakar, 2000).
 

 

O Conselho, que deverá concluir os seus trabalhos a 12 de Outubro, será presidido pela diplomata hondurenha Sonia Mendieta de Badaroux.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.