Biobanco conta com mais de 20 mil amostras

Cientistas portugueses ou estrangeiros podem utilizá-las para investigação

03 outubro 2012
  |  Partilhar:

O Biobanco já recebeu mais de 20 mil amostras biológicas de sangue que poderão ser utilizadas por cientistas portugueses ou estrangeiros em investigações sobre doenças como cancro ou doenças neurológicas.

 

O diretor do Biobanco IMM (Instituto de Medicina Molecular, que definiu a nova entidade), João Eurico Fonseca explicou à agência Lusa que o objetivo "é criar uma estrutura física onde são guardadas amostras biológicas em condições perfeitas de conservação, durante muitos anos, e ao mesmo tempo a informação clínica dos doentes, associada a essas amostras".
 

Esta informação é guardada numa estrutura informática específica que permite a segurança contra qualquer utilização indevida, garantiu.
 

O Biobanco "tem em curso uma associação com a rede nacional de bancos de tumores, um projeto de desenvolvimento de uma coleção de tumores do sistema nervoso central, uma coleção relacionada com doenças neurológicas, que inclui Alzheimer e Parkinson, outra coleção com doenças reumáticas, com destaque para osteoporose ou artrite reumatoide", disse o especialista.
 

O Biobanco começou a receber amostras em janeiro, principalmente daquelas áreas, mas está aberto a aceitar "todas as colaborações" tal como as solicitações de utilização de amostras, mas estas "passam sempre por vários filtros", assegurou João Eurico Fonseca.
 

Os pedidos de utilização de amostras são avaliados no que respeita ao interesse do projeto de investigação e têm de ter aprovação da comissão ética e de uma comissão científica para "garantir que a pergunta científica colocada é relevante, original e não uma repetição".
 

O Biobanco está integrado na rede europeia de biobancos o que permite uma maior visibilidade das suas coleções, defendeu o responsável.
 
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.