Bial lança novo medicamento contra a doença de Parkinson

Medicamento aprovado pela Comissão Europeia

07 julho 2016
  |  Partilhar:

A farmacêutica portuguesa Bial lançou um novo medicamento para reduzir durante duas horas o estado de rigidez e incapacidade nos doentes com Parkinson, bem como retardar a progressão da doença.    
 

Segundo a notícia avançada pela agência Lusa, o medicamento já aprovado pela Comissão Europeia é o segundo totalmente desenvolvido pela Bial e o primeiro apresentado após o ensaio clínico ocorrido em França que ficou associado à morte de um dos voluntários e a danos neurológicos em outros quatro.
 

O presidente da empresa, António Portela, explicou que o Ongentys é um medicamento de toma única diária, que deve ser combinado com outros fármacos ou terapias, e que permite aos doentes uma qualidade de vida adicional durante duas horas do dia.
 

"A doença de Parkinson é neurodegenerativa, crónica, progressiva e irreversível e caracteriza-se por uma progressão lenta, não existindo cura nem forma de a travar eficazmente, somente algumas terapêuticas para retardar o progresso", como é o caso do Ongentys.
 

De acordo com António Portela, estima-se que existam 1,2 milhões de doentes com Parkinson na Europa, sendo que 22 mil registam-se em Portugal, valores avançados pela Associação Europeia da Doença de Parkinson (EPDA). A doença manifesta-se normalmente entre os 55 e os 60 anos, sendo a prevalência de um em cada 100 indivíduos para essa faixa etária.
 

O Ongentys foi desenvolvido ao longo de 11 anos, tendo este sido testado em mais de 900 doentes, em 30 países, ao longo de dois ensaios de farmacologia humana, explicou o presidente.
 

Após o verão, o medicamento vai começar a ser produzido em Portugal e comercializado na Alemanha e no Reino Unido.
 

O desenvolvimento deste medicamento, cujo investimento rondou os 300 milhões de euros, vem "reforçar o compromisso com a saúde, com as pessoas e com a inovação terapêutica", acrescentou António Portela.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.