Benzeno pode causar leucemia...

...mesmo em doses baixas

07 dezembro 2004
  |  Partilhar:

O benzeno pode provocar leucemia, mesmo em doses oficialmente consideradas inofensivas nos Estados Unidos, indica um estudo realizado em fábricas na China e cujos resultados foram publicados na revista Science.Análises feitas a trabalhadores chineses que tinham inalado menos de uma unidade por milhão (ppm) de benzeno revelaram que tinham menos glóbulos brancos (essenciais para o sistema imunológico) do que os não expostos.Embora aqueles trabalhadores não estivessem doentes, o estudo indica que o produto, muito utilizado na indústria como dissolvente, poderá afectar a medula óssea e provocar sérios problemas de saúde, afirmam os autores do estudo. «Esta investigação revela pela primeira vez os efeitos potenciais do benzeno a níveis muito baixos», sublinhou Bernard Goldstein, toxicólogo da Universidade de Pittsburg (Ohio).Toda a gente está diariamente exposta aos vapores de benzeno que emanam do fumo dos cigarros, dos escapes dos automóveis e da poluição atmosférica em geral, mas felizmente em proporções infinitesimais, da ordem de fracções de mil milhões.Estudos feitos nos Estados Unidos sobre as indústrias que utilizam o benzeno levaram o governo federal a regulamentá-lo em 1988 para preservar a saúde dos trabalhadores, estabelecendo o limite máximo de inalação do produto numa parte por milhão em média, num período de oito horas por pessoa.Este estudo foi realizado por uma equipa de investigadores do Instituto Nacional Americano do Cancro, da Universidade de Berkeley (Califórnia) e do Centro Chinês para o Controlo e a Prevenção das Doenças.A equipa seguiu 250 trabalhadores em duas fábricas de calçado na China expostos diariamente a colas com benzeno e comparou-os com 140 trabalhadores que cosiam vestuário noutra unidade de produção.Os investigadores fizeram análises à urina dos operários dos dois grupos e ao ar das três fábricas e das casas desses trabalhadores. Seis meses depois, procederam a análises ao sangue de todos os trabalhadores.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.