Bebidas açucaradas aumentam risco cardiovascular

Estudo publicado na revista “Circulation”

15 março 2012
  |  Partilhar:

Os homens que consomem cerca de 350 ml de bebidas açucaradas por dia aumentam em 20% o risco cardiovascular em comparação com os que não bebem este tipo de bebidas, dá conta um estudo publicado na revista científica “Circulation”.

 

Para este estudo os investigadores da Harvard School of Public Health, em Boston, EUA, contaram com a participação de 42.883 homens com idades compreendidas entre 40 e 75 anos, os quais foram acompanhados ao longo de 22 anos. Todos os participantes responderam a questionários, a cada dois anos, sobre os seus hábitos alimentares e outros, tendo também sido colhidas amostras de sangue.

 

O estudo constatou que o aumento em 20% do risco cardiovascular persistiu mesmo após os investigadores terem em conta outros fatores de risco como tabagismo, inatividade física, consumo de álcool e antecedentes cardíacos familiares. Em comparação com os homens que não ingeriam este tipo de bebidas, os que as consumiam diariamente tinham elevados níveis de triglicerídeos, proteína C reativa e baixos níveis de colesterol HDL, os quais são considerados indicadores das doenças cardíacas.

 

Contudo, os investigadores verificaram que um consumo menos frequente de bebidas açucaradas não aumentava o risco de doença cardiovascular. Do mesmo modo, o consumo de bebidas açucaradas com edulcorantes artificiais não estava associado com o aumento do risco deste tipo de doenças.

 

“Os nossos resultados indicam que os pacientes e principalmente a população em geral devem reduzir o consumo de bebidas açucaradas”, revelou em comunicado de imprensa, o líder do estudo, Frank B. Hu.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.