Bebés sabem que ser forte dá poder

Estudo publicado na revista “Science”

01 fevereiro 2011
  |  Partilhar:

Os bebés são capazes de perceber, apenas com 10 meses, que a força física e estabelecer uma hierarquia social são coisas úteis em situações de conflito, sugere um estudo conjunto das universidades de Harvard, nos EUA, e da de Copenhaga, na Dinamarca, publicado da revista “Science”.

 

A investigação descobriu que as crianças parecem ser naturalmente empáticas e prestáveis, mas a vida em grupo também envolve objectivos conflituantes e competição pela escassez de recursos.

 

Neste estudo, os autores analisaram se as crianças também tinham representações mentais de dominação social que poderia ajudá-los a funcionar nas culturas hierárquicas. Em particular, os investigadores centraram-se no tamanho do corpo, que é um indicador quase universal da classificação social no reino animal.

 

Para a investigação, os autores mostraram às crianças um vídeo em que os desenhos animados que representavam dois quadrados com caras (algo suficientemente abstracto para deixar só a informação relevante sobre o tamanho e o conflito) se bloqueavam mutuamente e no fim, um deles, inclinava-se perante o outro, em sinal de reverência, e cedia a passagem.

 

Para analisar o comportamento, os investigadores mediram a quantidade de tempo gasto pelos bebés a observar as mudanças nos desenhos animados. Este intervalo de tempo reflecte geralmente se os bebés consideram uma cena como esperada ou surpreendente.

 

Os resultados mostraram que os bebés, entre os 10 e os 13 meses, mas não aos oito meses, usavam o tamanho como um indicador para prever que boneco ganharia a competição. Por isso, e de acordo com a investigação, parece que os seres humanos aprendem algumas regras básicas das hierarquias sociais numa idade muito precoce.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.