Bebés: o melhor é deixá-los chorar

Estudo publicado no “Developmental Psychology”

07 janeiro 2013
  |  Partilhar:

Os pais são frequentemente acordados durante a noite com o choro dos seus filhos, ficando por vezes com dúvidas sobre a melhor forma de proceder. Será que devem ir rapidamente aconchegar o bebé nos braços ou deixá-lo chorar até que ele adormeça sozinho? O estudo publicado na revista científica “Developmental Psychology” apoia esta última decisão, uma vez que aprender a ter autocontrolo é essencial para o desenvolvimento de padrões de sono saudáveis durante a infância.
 

“Por volta dos seis meses de idade, a maioria dos bebés dormem quase toda a noite, acordando os pais cerca de uma vez por semana. Contudo, nem todas as crianças têm este tipo de padrão de desenvolvimento”, referiu, em comunicado de imprensa, a principal autora do estudo, Marsha Weinraub.
 

Neste estudo os investigadores da Temple University, nos EUA, decidiram avaliar os padrões de sono de 1.200 crianças que tinham entre seis e trinta seis meses de idade. Foi constatado que havia dois tipos de crianças: os que dormiam toda a noite e que acordavam no máximo uma vez por semana; e os que acordavam durante a noite com mais frequência, por vezes, sete noites por semana.
 

Os investigadores explicam que tal como os adultos, os bebés têm ciclos de cerca de uma hora e meia a duas de sono, altura em que acordam e voltam a adormecer. Contudo, alguns choram quando despertam.
 

Após terem questionado os pais sobre os padrões de sono dos seus filhos, os investigadores constataram que 66% das crianças com seis meses dormiam toda a noite. No entanto, 33% acordava uma noite por semana aos seis meses, duas ao 15 meses e uma noite aos 24 meses.
 

O estudo apurou que a maioria dos bebés que acordava eram rapazes, apresentavam um temperamento difícil, eram amamentados pela mãe, tinham mães depressivas e com maior sensibilidade materna.
 

De acordo com os autores do estudo, estes resultados sugerem que, os bebés com fatores genéticos ou constitucionais, como aqueles com os temperamentos difíceis, tendem a ter problemas de sono. Por outro lado, é importante que os bebés aprendam a adormecer sozinhos, caso os pais aconcheguem prontamente os filhos nos braços eles não aprendem a se calmarem.
 

Relativamente à associação entre a depressão da mãe e o acordar dos filhos durante a noite, os investigadores referem que esta é uma área que necessita de mais investigação. Contudo, é possível que a depressão que afeta as mães já tenha sido iniciada durante gravidez e consequentemente tenha afetado o desenvolvimento neuronal e os padrões de sono dos bebés. Por outro lado, a privação de sono, pode também aumentar a depressão materna.

 

De forma a tentar combater este tipo de problemas associados ao despertar dos bebés durante a noite, os quais afetam muitas vezes toda família, o investigadores aconselham os pais a criar rotinas, deitando os bebés sempre às mesmas horas para que eles adquiram o hábito de adormecer sozinhos. Por outro lado, os pais também devem resistir à tentação de ao primeiro choro irem logo “socorrer” os seus filhos.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.