Bebés nascidos de embriões congelados são mais saudáveis

Estudos apresentados na conferência da American Society for Reproductive Medicine

20 novembro 2008
  |  Partilhar:

Três estudos apresentados na conferência da American Society for Reproductive Medicine, realizada recentemente em São Francisco, nos EUA, sugerem que os bebés nascidos de embriões que tinham sido congelados são mais saudáveis que os bebés nascidos através de embriões não-congelados.
 

 

Os estudos também referem que os bebés nascidos de embriões congelados têm menos probabilidade de nascerem prematuros e com baixo peso.
 

 

Um dos estudos, realizado na Finlândia, indica que os bebés nascidos de embriões não-congelados têm uma probabilidade 35% maior de serem prematuros e mais 64% de hipóteses de apresentarem baixo peso corporal. O segundo estudo, da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, sugere que os bebés nascidos de embriões não-congelados teriam uma probabilidade 51% maior de nascerem com baixo peso e mais 15% de morrer à nascença.
 

 

Um terceiro estudo, realizado no Royal Women''s Hospital in Melbourne, Austrália, refere que 11% dos bebés que provinham de embriões não-congelados apresentaram baixo peso à nascença, comparados com os 6.5% para os embriões congelados. Um total de 12.3% dos bebés de embriões não-congelados era prematuro, comparado com 9.4% dos nascidos de embriões congelados; quanto à morte à nascença, registou-se uma probabilidade 1.9% maior dentro do grupo de bebés nascidos de embriões não-congelados e 1.2% nos embriões congelados.
 

 

Alguns especialistas acreditam que as descobertas podem levar as mulheres a preferirem os embriões congelados, apesar de destacarem que as transferências desses embriões não são tão bem sucedidas em termos de gravidez.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.