Bebés de imigrantes invertem diminuição da taxa de natalidade

Dados do Instituto Nacional de Estatística

11 agosto 2009
  |  Partilhar:

Em 2008, pelo menos um dos pais de 13% dos bebés nascidos em Portugal (13 808 bebés no total) era estrangeiro, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados pelo jornal “Diário de Notícias”.

 

Os imigrantes são os responsáveis pela inversão na tendência de diminuição da natalidade no País, uma inversão que só as estatísticas dos próximos anos dirão se é para se manter.

 

O facto de existirem cada vez mais crianças com pais mistos é também demonstrativo da miscigenação da população portuguesa, bem como da integração dos cidadãos estrangeiros em Portugal.

 

É entre a comunidade brasileira que se regista um maior número de nascimentos, superior a 3700, sendo que mais de metade destas crianças têm mãe ou pai português.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.