Beber pouca água poderá aumentar níveis de açúcar no sangue

Investigação publicada na “Diabetes Care”

10 novembro 2011
  |  Partilhar:

As pessoas que bebem menos de dois copos de água por dia podem ser mais propensas a desenvolver níveis de açúcar no sangue anormalmente elevados. Quando isto acontece, embora não de forma suficiente para entrar na definição clínica de diabetes, os médicos consideram que a pessoa apresenta já “pré-diabetes”.

 

Neste novo estudo, verificou-se que os adultos que bebiam meio litro de água (dois copos) ou menos por dia tinham maior propensão para apresentar níveis elevados de açúcar no sangue (enquadrando-se num grau pré-diabético), comparativamente aos indivíduos que bebiam mais água.

 

Este dado demonstra uma correlação entre o consumo de água e os níveis de açúcar no sangue, mas não prova uma relação causa-efeito entre ambos, segundo confirmou a autora principal do estudo, Lise Bankir, do instituto francês de investigação INSERM. Ainda assim, a relação seria biologicamente viável, refere Bankir. E a hormona vasopressina poderá ser o elo perdido.

 

A vasopressina, uma hormona antidiurética, regula a retenção de líquidos no organismo. Quando nos desidratamos, os seus níveis aumentam para que os rins conservem água. Mas alguns estudos já tinham sugerido que níveis altos de vasopressina também elevam a glucose (açúcar) no sangue. Existem receptores da vasopressina no fígado, o órgão que produz a glicose no organismo.

 

Os resultados surgem de 3.615 adultos franceses, com idades entre os 30 e os 65 anos, com níveis normais de glucose no sangue no início do estudo. Cerca de 19% afirmaram beber menos de meio litro de água por dia, enquanto os restantes disseram consumir um litro ou mais.

 

Nos nove anos seguintes, 565 participantes apresentaram níveos anormalmente elevados de açúcar no sangue e 202 desenvolveram diabetes tipo 2.

 

Quando a equipa de investigadores analisou o nível de risco dos participantes, segundo o consumo de água, verificou que os indivíduos que bebiam pelo menos meio litro por dia tinham uma propensão 28% menor de sofrer um aumento da glucose no sangue comparativamente aos que bebiam menos água. Mas, segundo os autores, não se observou uma relação estatisticamente sólida entre o consumo de água e o risco de desenvolver diabetes.

 

Uma explicação óbvia para o aumento do nível de glucose no sangue seria a de que as pessoas que bebem pouca quantidade de água consumiriam mais bebidas açucaradas. No entanto, a equipa considerou o consumo deste tipo de bebidas e de álcool, como também o peso, o exercício físico e outros factores relacionados com a saúde, sendo que a relação entre o baixo consumo de água e os níveis elevados de glucose se manteve.

 

“Os comportamentos mais saudáveis que estão associados a um maior consumo de água poderão explicar a relação observada”, escreve a equipa. Segundo Bankir, são necessários mais estudos para confirmar estes resultados. Mas, por agora, o especialista recomenda a substituição das bebidas açucaradas ricas em calorias por água.  

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.