Beber chá verde ou preto reduz risco de cancro dos ovários

Estudo apresentado na revista Archives of Internal Medicine

23 dezembro 2005
  |  Partilhar:

 

O consumo diário de uma ou duas chávenas de chá verde ou preto pode reduzir os riscos de cancro dos ovários, segundo um estudo publicado na revista "Archives of Internal Medicine".
 

 

Em declarações à imprensa, as líderes da investigação, Susanna Larsson e Alicja Wolk, do Instituto Karolinska de Estocolmo, referem terem constatado uma diminuição de 46 por cento dos riscos de cancro dos ovários nas mulheres que bebiam uma ou duas chávenas de chá todos os dias, em comparação com as que não tinham esse hábito". As investigadoras acrescentaram que "cada chávena adicional de chá diária representa uma redução de 18 por cento dos riscos de cancro dos ovários".
 

 

O estudo foi realizado na Suécia, entre 1987 e 1990, com 61.057 mulheres com idades entre 40 e 76 anos. As participantes tiveram de responder a um questionário rigoroso sobre os seus hábitos alimentares e foram seguidas durante 15 anos, em média, até 2004. Durante este período, 301 mulheres desenvolveram cancro dos ovários.
 

 

Todavia, as cientistas consideram necessárias investigações suplementares para explicar certas incoerências. Investigações anteriores sobre os efeitos anti-cancerígenos do chá produziram resultados contraditórios.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.