Beber água previne pedras nos rins

Alerta da Sociedade Portuguesa de Nefrologia

15 junho 2011
  |  Partilhar:

A ingestão de água é um factor de prevenção do desenvolvimento de pedras nos rins, alerta a Sociedade Portuguesa de Nefrologia (SPN) em comunicado enviado à imprensa.

 

Os cálculos renais, ou pedras nos rins, têm maior facilidade em desenvolverem-se nos dias mais quentes do Verão, devido ao maior índice de transpiração (e perda de líquidos), fazendo com que a urina fique mais concentrada em sais minerais. "Nestas circunstâncias, é mais fácil formarem-se cálculos renais", afirma o nefrologista Fernando Nolasco, presidente da SPN, no mesmo comunicado.

 

A hidratação é a principal forma de protecção da formação de cálculos renais. Quanto mais água for ingerida, menor será a concentração de sais na urina, e menor a probabilidade de precipitação e de formação de cálculos. Os alimentos que consumimos também têm um papel fundamental para a saúde dos rins durante o Verão. O número de pessoas que sofre com pedras nos rins é maior em países desenvolvidos, onde a alimentação é mais rica em proteínas e sal.

 

De acordo com a nota enviada à imprensa, “as pessoas de risco, por exemplo, com antecedentes pessoais ou familiares de cálculos, devem beber pelo menos dois litros de água por dia, reduzir a ingestão de carne e peixe e alimentos ricos em oxalato, como espinafres, chocolate, chá preto, frutos secos e figos. Evitar o consumo de sal e vitamina D e manter a ingestão de lacticínios também previne a formação de cálculos renais”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 3Média: 4.7
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.