Bebé nasce de embrião congelado há 20 anos

Estudo publicado na revista “Fertility and Sterility”

14 outubro 2010
  |  Partilhar:

Cientistas anunciaram que uma mulher de 42 anos deu à luz em Maio um bebé que foi gerado a partir de um embrião doado há 20 anos. A gravidez decorreu sem problemas e a criança nasceu saudável, segundo dá nota a edição online do jornal britânico “Telegraph”.

 

A criopreservação de embriões tem-se tornado comum no tratamento de fertilidade. Antes deste caso, o embrião criopreservado que originou uma gravidez bem-sucedida esteve guardado durante 13 anos.

 

Neste caso, o casal que doou o embrião tinha aumentado a sua própria família através de Fertilização In Vitro (FIV) e ofereceu, de forma anónima, os restantes embriões congelados a outros casais. A técnica foi aplicada no Instituto Jones de Medicina Reprodutiva, da Escola de Medicina de Eastern Virginia, em Norfolk, Virgínia. A mulher que recebeu os embriões fazia tratamento de fertilização há já dez anos.

 

Dos embriões descongelados, dois sobreviveram e foram transferidos para o útero da paciente. Ao fim de uma única gravidez, a mulher deu à luz um menino que nasceu saudável.

 

O caso foi relatado num artigo científico publicado na revista “Fertility and Sterility”, da Sociedade Americana para a Medicina Reprodutiva. A equipa, liderada pelo investigador Sergio Oehninger, disse não ter conhecimento de algum caso de gravidez em que um embrião humano tenha permanecido tanto tempo congelado: 19 anos e sete meses.

 

O congelamento suspende biologicamente o envelhecimento das células e os cientistas defendem que um embrião pode permanecer neste estado durante décadas. Em 2004, um casal teve um filho a partir de esperma criopreservado há 21 anos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.