Bayer enfrenta 3500 queixas contra Lipobay

Medicamento anticolesterol continua envolto em polémica

20 outubro 2002
  |  Partilhar:

O grupo químico-farmacêutico alemão Bayer enfrenta 3.500 queixas nos Estados Unidos contra o seu medicamento anticolesterol que poderá ter causado cerca de uma centena de mortes, afirmou o presidente do grupo numa entrevista ao Financial Times Deutschland.
 

 

O primeiro processo judicial contra a Bayer deverá ocorrer no primeiro trimestre de 2003, mas o grupo já resolveu de forma amigável cerca de uma dezena de litígios com antigos pacientes ou seus familiares, afirmou Werner Wenning.
 

 

O inventor da aspirina deverá ainda retirar do mercado o seu medicamento anticolesterol, proibido desde Agosto de 2001, após a descoberta de efeitos secundários no sistema muscular, passíveis de provocar a morte.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.