Baratas velhas também têm artrite

Estudo observa problema em insectos

03 dezembro 2003
  |  Partilhar:

Não são só os seres humanos que passar a ter problemas nas articulações quando envelhecem. As junções das baratas também se tornam mais frágeis com a idade, de acordo com um estudo feito numa universidade americana.Segundo os investigadores da Universidade de Case Western, em Ohio, depois de cerca de 60 semanas de vida – idade avançada para uma barata –, os insectos começam a ter dificuldades em andar e, um pouco mais tarde, passam a tropeçar frequentemente. Com 65 semanas de idade, 80 por cento das baratas tropeçam em si mesmas. Isso aconteceria porque, assim como na artrite humana, as juntas dos insectos incham e levando a uma perda de mobilidade.O estudo, liderado por Angela Ridgel e publicado na revista Science revela que as baratas esbarram a cada dois passos. Mas não é tudo. Idosos, os insectos também se tornam mais lentos. A velocidade dos seus movimentos é reduzida em 40 por cento. Além disso, os investigadores observaram que poucas baratas velhas mantêm a habilidade em escalar superfícies inclinadas. Cerca de 60 por cento dos insectos envolvidos no estudo não conseguiram chegar ao topo de uma rampa com 45 graus de inclinação.Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalista MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.