Banda gástrica comparticipada na totalidade

Informação veiculada pelo Ministério da Saúde

24 maio 2006
  |  Partilhar:

 

As cirurgias para colocação de bandas gástricas em pessoas obesas feitas em clínicas privadas e sociais, que chegam a custar 8.500 euros, vão ser integralmente pagas pelo Estado.
 

 

Segundo fonte do Ministério da Saúde, estes doentes, que por vezes aguardam durante vários anos por uma cirurgia nos hospitais públicos, serão em breve operados gratuitamente nas clínicas privadas, desde que enviados por médicos do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Presentemente, os casos mais graves que esperam operação nos hospitais públicos já são reencaminhados para o sector privado, mas os doentes têm de pagar uma parte do custo total.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar