Banco público de sangue do cordão umbilical com mil doações em seis meses

Dados divulgados pela agência Lusa

06 janeiro 2010
  |  Partilhar:

O Banco Público de Células Estaminais do Cordão Umbilical ultrapassou as mil amostras em seis meses de funcionamento, graças à participação dos portugueses, que enchem assim de esperança os muitos doentes que necessitam de tratamento.

 

Este banco público, o primeiro em Portugal, foi anunciado pelo primeiro-ministro, José Sócrates, a 14 de Janeiro do ano passado. Desde então, foram realizados investimentos nas instalações do banco e a recolha das amostras começou há cerca de seis meses.

 

Ao longo dos últimos seis meses foram já recolhidas cerca de mil amostras de células estaminais do cordão umbilical, um número que surpreendeu Helena Alves, a directora do Centro de Histocompatibilidade do Norte, no qual funciona o Banco Público de Células Estaminais do Cordão Umbilical (LusoCord), que calculava que esse número só seria alcançado dentro de dois anos.

 

Segundo a responsável, a grande divulgação do banco está a ser feita por grávidas, principalmente através da Internet.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.