Banco de Leite da Maternidade Alfredo da Costa perto de rutura de stock

Contenção de custos é a causa

08 agosto 2012
  |  Partilhar:

O Banco de Leite Humano da Maternidade Alfredo da Costa sofreu uma forte diminuição de dadoras e uma quase rutura de stock, mas o projeto deverá continuar.
 

Israel Macedo revelou à agência Lusa que o número de mulheres que doam o seu leite “diminuiu bastante”, passando de uma média de 30 para sete.
 

A integração da Maternidade Alfredo da Costa (MAC) no Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC) e a contenção de custos levou a que o Banco de Leite diminuísse a capacidade de resposta aos bebés prematuros nos casos em que a mãe não o tem em quantidade suficiente, adiantou o médico.
 

De acordo com Israel Macedo, o Centro Hospitalar decidiu restringir a metade o que paga à empresa que faz a recolha e transporte refrigerado do leite das mães dadoras.
 

O médico e responsável pelo Banco de Leite Humano disse que só há cerca de uma semana foram desbloqueados os pagamentos a essa empresa referentes a este ano.
 

A presidente da administração do Centro Hospitalar de Lisboa Central, Teresa Sustelo, disse desconhecer problemas com o Banco de Leite da MAC e garantiu que a unidade é para manter.
 

Ainda segundo Israel Macedo, de uma média de 30 dadoras de leite, a MAC teve de restringir para 10 e, neste momento, conta apenas com cinco. E de uma média de 15 litros de leite por semana, a maternidade passou a contar apenas com oito.
 

Com estas reduções, frisou, o Banco de Leite Humano teve de passar a ser dirigido para bebés com menor idade gestacional.
 

Quanto ao impacto destas restrições nos bebés, o médico afirma que ao introduzir-se leite artificial começam a manifestar-se casos de intolerância e surgem mais problemas com os prematuros.
 

“Entretanto o problema foi desbloqueado. Passámos um mau bocado, com stocks muito residuais. Estamos neste momento a começar a tentar aumentar o número de dadoras”, afirmou o responsável.

 

Israel Macedo diz acreditar que o Banco de Leite vai “continuar a ser um caso de sucesso, dentro das limitações do país”: “Temos de encontrar um equilíbrio entre os recursos mínimos de que precisamos e os custos que temos de ter para esses recursos”.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.