Baixos níveis de uma hormona tiroideia associados a necessidade de parto assistido

Estudo publicado na revista “Clinical Endocrinology”

05 janeiro 2010
  |  Partilhar:

A presença de níveis baixos da hormona tiroideia T4 em mulheres grávidas saudáveis pouco antes do parto pode estar relacionada com problemas da posição fetal e poderá significar a necessidade de uma atenção especial durante o parto, revela um estudo publicado na revista “Clinical Endocrinology”.

 

Os investigadores analisaram os níveis tiroideios de 960 mulheres holandesas grávidas, tendo-as acompanhado no parto. Foi verificado que as mulheres com níveis significativamente superiores de T4 na 36.ª semana de gravidez apresentavam uma maior probabilidade de o feto se encontrar numa posição normal para o parto. Contudo, o mesmo não aconteceu com as mulheres que tinham níveis mais baixos de T4 na mesma semana de gestação, que apresentaram uma maior necessidade de ter assistência no parto devido à posição anormal da cabeça do feto.

 

"A relação entre a disfunção tiroideia durante a gravidez e as dificuldades durante o parto está bem estabelecida”, refere em comunicado enviado à imprensa o líder da investigação, Victor Pop, da Universidade de Tilburgo, na Holanda.

 

Contudo, “este é o primeiro estudo a mostrar uma relação entre a concentração da hormona tiroideia da mãe durante o final da gestação e a posição da cabeça do feto”.

 

Segundo o investigador, a relação entre os níveis da hormona tiroideia e a posição fetal no momento do parto pode ser explicada devido ao facto de o desenvolvimento motor da criança estar relacionado com concentrações baixas da hormona tiroideia da mãe durante a gravidez. “Faz sentido que a função tiroideia deficiente da mãe também possa influir na motilidade fetal e, por conseguinte, na rotação do feto durante o parto”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.