Baixar temperatura aumenta sobrevivência após paragem cardíaca
22 fevereiro 2002
  |  Partilhar:

Baixar a temperatura após uma paragem cardíaca reduz o
 

risco de morte e de dano cerebral subsequente, segundo dois
 

estudos diferentes realizados na Europa e Austrália.
 

 

Os estudos, cujos resultados são publicados ontem na
 

revista "New England Journal Of Medicine", centraram-se no que se denomina por "hipotermia terapêutica", que consiste em reduzir a temperatura corporal do doente.
 

 

Num editorial que acompanha os trabalhos, Patrick
 

Kochanek, do Centro Médico da Universidade de Pittsburgh, na
 

Pensilvânia, afirma que os resultados de tais estudos trouxeram alguma luz sobre um controverso debate.
 

 

Um dos estudos - o realizado na Austrália -, indica que a
 

hipotermia "ligeira", que supõe baixar a temperatura até os 32 ou 34 graus, ajuda à recuperação dos doentes e não apresenta as complicações da hipotermia "moderada", que contempla baixar a temperatura até entre os 28 e os 32 graus.
 

 

As técnicas de hipotermia "ligeira" demonstraram, segundo
 

explicam na revista científica os investigadores, que com uma temperatura corporal de 32 graus durante 12 horas, ou mais, aumentam-se as possibilidades de sobrevivência dos doentes que sofreram uma paragem cardíaca de três minutos, pelo menos.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar