Bactérias que comem poluição...

Bactérias holandesas limpam o ar a bordo do vaivém Columbia

19 janeiro 2003
  |  Partilhar:

Os sete astronautas a bordo do vaivém Columbia vão respirar mais facilmente durante os 16 dias de voo, graças à presença de uma bactéria purificadora do ar.
 

 

A bactéria faz parte de um novo filtro que limpa a poluição causada por vapores de plásticos, que se acumulam com o tempo e em locais de fraca circulação de ar como a cabina do vaivém.
 

 

"Como não é possível abrir uma janela a bordo é necessário encontrar outra solução", afirmou o cientista Jaap van de Waarde, um investigador da companhia holandesa Bioclear, que desenvolveu a bactéria.
 

 

O ar do vaivém é regularmente limpo através de um filtro de carbono, que necessita de ser substituído passadas algumas semanas. Mas os cientistas esperam que os filtros bacteriológicos possam durar meses ou mesmo anos, uma vez que convertem a poluição em produtos inofensivos.
 

 

"Podemos dizer que estas bactérias comem a poluição", explicou Van de Waarde.
 

 

Embora pouco importante em voos curtos, um filtro mais duradouro permitirá poupar espaço e peso preciosos em missões longas.
 

 

O teste actual está a ser financiado pelo governo holandês e pela Agência Espacial Europeia (ESA), em colaboração com a NASA.
 

 

Esta é uma das 80 experiências que vão decorrer a bordo do Columbia, lançado quinta-feira para a primeira missão espacial puramente científica dos últimos três anos.
 

 

Van de Waarde afirmou que estão a ser desenvolvidos outros filtros bacteriológicos, estando um deles direccionado para reduzir o mau cheiro dos ratos e de outros animais utilizados em experiências científicas no espaço.
 

 

"O odor é produzido por moléculas muito complexas, mas utilizando um filtro que combina 12 tipos diferentes de bactérias conseguiremos reduzir 95 por cento do cheiro", explicou o investigador.
 

 

A empresa holandesa não planeia, por enquanto, comercializar este filtro para uso em Terra.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.