Bactérias detectadas na água potável e em estações de tratamento

Estudo da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica no Porto

11 agosto 2011
  |  Partilhar:

Um estudo nacional, citado pelo jornal “Diário de Notícias”, revela ter detectado bactérias ambientais resistentes a antibióticos na água da torneira e nas estações de tratamento de águas.

 

Para já, ainda não há motivo para alarme, mas, "dentro de algum tempo, as autoridades têm de começar a olhar para isto de outra forma", aconselha a responsável pelo estudo da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica no Porto, que detectou a presença das bactérias em água potável e estações de tratamento de águas.

 

Refere o mesmo jornal que “as bactérias detectadas são de origem ambiental, ou seja, predominam sobretudo no ambiente e não são as que habitualmente se encontram em doenças infecciosas nos humanos. Contudo, estão longe de serem totalmente inofensivas. Em casos de debilidade imunitária podem provocar doenças”.

 

O responsável explicou ainda que "não sendo elas próprias um perigo para as pessoas, ao estarem presentes na água, podem ser uma fonte de transmissão de resistências a outros organismos, estes sim, perigosos para a saúde".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.