Bactéria resistente a antibióticos atinge América do Norte

Clostridium difficile na origem de várias mortes

09 janeiro 2006
  |  Partilhar:

 

 

Uma infecção de origem bacteriana que pode ser mortal e surge geralmente em doentes que tomaram antibióticos, está a tornar-se cada vez mais comum nos EUA, atingindo pessoas que nem sequer estão a tratar-se com estes medicamentos.
 

 

O alerta foi feito por responsáveis dos Centers for Disease Control and Prevention (CDC), que detectaram em quatro Estados um aumento de pessoas saudáveis com problemas provocados pela bactéria Clostridium difficile (C-Diff). Algumas delas não tomaram antibióticos, nem estiveram internadas em unidades de saúde onde podiam ter contraído a infecção.
 

 

Entre os 33 casos de pessoas com problemas causados pela bactéria reportados ao CDC desde 2003, há 23 pessoas até então saudáveis na área de Filadélfia, que não tinham recorrido ao hospital nos três meses anteriores aos sintomas. Outras 10 eram mulheres grávidas ou mães recentes que tinham passado por unidades de saúde na Pensilvânia, Ohio, New Jersey e New Hampshire. A bactéria está a tornar-se uma ameaça cada vez mais comum em hospitais e outras unidades de saúde e no ano passado foi considerada responsável por 100 mortes em ano e meio num hospital do Quebeque, Canadá.
 

 

Esta bactéria pode causar diarreias e provocar outros problemas mais complicados, como colites (inflamação no intestino grosso). Dissemina-se através de esporos nas fezes, que são difíceis de eliminar com os tradicionais produtos de desinfecção de casas de banho.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.