Bactéria isola idosa no S. João…

…mas não existe surto

21 abril 2004
  |  Partilhar:

 Uma paciente infectada com uma bactéria multirresistente foi colocada em isolamento no Hospital de S. João, no Porto, uma situação que o director clínico, José Guimarães, classifica como «procedimento de rotina, que acontece «não raras vezes em hospitais com grande diferenciação e com doentes sujeitos a terapêutica agressiva».A mulher é portadora da acynectobacter, susceptível de provocar infecções respiratórias. A septuagenária sofre de bronquite crónica, o que a torna mais permeável a este tipo de infecção. Fonte do hospital de S. João, que pediu para não ser identificada, disse à Lusa que a unidade registou já «mais três ou quatro casos, um dos quais teria provocado a morte de uma paciente. José Guimarães recusou relacionar os diferentes episódios e afirma peremptoriamente que «não estamos em presença de um surto». Em Fevereiro, bactérias detectadas no Hospital de Pombal provocaram a morte de quatro pessoas e o agravamento da saúde de sete outras. Em Abril, morreu em Setúbal uma mulher portadora da bactéria multirresistente acynectobacter. Fontes: Diário de Notícias e Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.