Bactéria humana está a destruir corais do Caribe

Cientistas temem extinção

19 junho 2002
  |  Partilhar:

Uma doença que devastou um tipo de coral do Caribe foi identificada como tendo sido causada por uma bactéria presente em fezes humanas.
 

 

Em alguns recifes, 95 por cento dos corais de Elkhorn foram dizimados por uma doença conhecida como white pox, uma forma mais suave de varíola que aparece como respingos de tecido esbranquiçado pela superfície dos pólipos.
 

 

O estudo, publicado no jornal Proceedings of the National Academy of Sciences, indica que a causa potencial da deterioração dos corais é a poluição provocada pelo esgoto. «Está é a primeira vez, pelo que sabemos, que uma espécie de bactéria associada ao intestino humano é associada a uma patogenia para invertebrados marinhos», escreveram no relatório os investigadores da Universidade da Georgia, EUA.
 

 

Esta doença espalha-se rapidamente e é altamente contagiosa. Os investigadores testaram amostras de 40 corais de recifes localizados em Keys, o Santuário Nacional Marinho de Florida, e encontraram a A. Palmata, a bactéria responsável pela doença, em sete dos corais.
 

 

E o problema é particularmente grave na costa da Flórida, onde o esgoto não é tratado de maneira adequada para matar bactérias.
 

 

James Porter, especialista que liderou o estudo, disse à BBConline que os «corais de Elkhorn costumavam ser os mais comuns no Caribe, mas agora há propostas para incluí-los na lista de espécies ameaçadas de extinção».
 

 

John Bythell, do Departamento de Ciências Marinhas da Universidade de Newcastle, na Grã-Bretanha, disse que há possibilidade de a bactéria associada à destruição de corais ter apenas uma acção «oportunista» ao atacar o coral já enfraquecido devido a outros factores.
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.