Avó deu à luz duas netas em vez da filha

Jovem americana nascera sem útero e a mãe ajudou-a na gestação das filhas

20 outubro 2002
  |  Partilhar:

Uma avó americana deu à luz, na semana passada, as próprias netas, por a filha não ter podido fazer a gestação (tempo que medeia entre a concepção e o parto).
 

Sharon Dunn, de 48 anos, tinha prometido à sua filha, Trish Roberts, de 25 anos, ser gestante dos seus filhos, quando descobriram, há 11 anos, que a filha tinha nascido com uma anomalia rara, isto é, sem útero (órgão do aparelho genital feminino onde, normal mente, se desenvolve o embrião).
 

 

Na semana passada, Sharon Dunn cumpriu a promessa, entregando à filha as duas meninas que trouxe ao Mundo. "Havia prometido à Trish, quando ela tinha 14 anos, que o faria por ela, se fosse possível. Foi há muito tempo que preparámos isso", declarou Sharon Dunn à cadeia de televisão norte-americana ABC. As pequenas Kaitlyn e Shelby foram concebidas "in vitro", antes dos embriões terem sido implantados no útero de Sharon Dunn. Nasceram no passado dia 10, em Rapid City, no Dakota do Sul (centro dos EUA). "Trish et Mike forneceram os ingredientes. Eu limitei-me a fazer a cozedura", exemplificou Sharon Dunn, gracejando.
 

 

"Foram implantados dois embriões. Havia 50% de hipóteses de êxito. Resultaram os dois", afirma Trish Roberts. Interrogada sobre a relação que mantém com as netas, a mãe-avó é muito clara: "São as minhas netas. Não são os meus bebés. Hei-de amá-las sempre com ternura". Sharon Dunn revelou que a gravidez decorreu da melhor maneira. Este facto é relevante, considerando que aquela mulher tinha estado grávida, pela última vez, há 23 anos.
 

"É um autêntico milagre", comentou Sharon Dunn.
 

 

Trish Roberts e o marido, Mike, viveram experiências frustrantes, tentando adoptar uma criança, há três anos. Nessa altura, alguém lhes falou de uma mulher, Arlette Schweitzer, que tinha feito a gestação de duas netas (gémeas), por a filha, Christa Uchytil, o não poder fazer. Foi então que o casal propôs a Sharon Dunn que concretizasse a antiga promessa. Tinha acontecido em 1991. Num sábado, Arlette Schweitzer deu à luz Chad e Chelsea, filhas de Christa e Kevin, também de Rapid City.
 

 

Esse casal voltou ao hospital, no domingo passado, para verem as filhas-netas de Sharon Dunn e filhas de Trish e Mike. No passado dia 10, Kaitlyn e Shelby nasceram por cesariana e estiveram nos cuidados intensivos do departamento de neonatologia do Hospital Regional de Rapid City. O parto foi de manhã. Kaitlyn nasceu primeiro. Pesava cerca de três quilogramas. Shelby nasceu um minuto mais tarde, com um 1,7 quilogramas.
 

 

FonteJornal de Notícias
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.