AVC mata dois portugueses por hora

Dados da Sociedade Portuguesa de Cardiologia

04 novembro 2010
  |  Partilhar:

A cada hora morrem dois portugueses vítimas de AVC (acidente vascular cerebral), que é responsável pelo internamento de mais de 27 mil doentes por ano, sendo que cerca de 15% destes morrem durante o internamento, refere uma nota enviada à imprensa pela Sociedade Portuguesa de Cardiologia, no âmbito do Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral que se assinalou na semana passada.

 

Em cada dez AVC, nove “devem-se a um ou mais factores de risco sobre os quais se poderia ter intervindo para anular o risco” de ocorrência, refere o comunicado de imprensa, citado pela agência Lusa. A Sociedade Portuguesa de Cardiologia aponta como factores de risco a hipertensão arterial, o sedentarismo, a obesidade, altos níveis de colesterol, o tabagismo, os erros alimentares, a diabetes, o stress psico-social, o consumo de álcool e algumas doenças do coração.

 

Para evitar um AVC, a SPC aconselha as pessoas a conhecerem os seus factores de risco (medir a pressão arterial, o colesterol e a glicemia e verificar o ritmo cardíaco), a fazerem exercício físico, a comerem de forma saudável, a limitarem o consumo de álcool e a não fumarem.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 3
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.