Avanços na compreensão do cancro

Cientistas espanhóis desvendam ligação entre o ciclo celular e telómeros

14 outubro 2002
  |  Partilhar:

Cientistas espanhóis descobriram a existência de uma ligação entre a regulação do ciclo celular e o controlo do comprimento dos telómeros, estruturas situadas no final dos cromossomas cujo tamanho é determinante nos processos de cancro. O trabalho, desenvolvido por uma equipa de investigadores dirigida por Maria Antonia Blasco (Centro Nacional de Biotecnologia, CNB), será publicado na edição de hoje da revista científica "Nature Genetics".
 

 

Ao eliminar em ratinhos geneticamente modificados várias proteínas da família reinoblastoma, os cientistas observaram que os telómeros deixavam de ter uma extensão normal, tornando-se mais largos. Com o passar do tempo, os telómeros vão-se encurtando de modo natural, de cada vez que a célula se divide, e, quando alcançam um comprimento crítico, a célula deixa de se dividir.
 

 

A acção da telomerasa, a maquinaria celular que fabrica novos telómeros e que é activada na maioria dos tumores humanos, compensa a sua perda e faz com que as células se dividam indefinidamente.
 

 

Os resultados do grupo do Centro Nacional de Biotecnologia (Conselho Superior de Investigações Científicas, CSIC) indicam que as proteínas da família reinoblastoma são importantes reguladores na determinação do comprimento dos telómeros. Estas proteínas "estão mutadas em tumores humanos, o que facilita um alargamento dos telómeros nestes tumores e favorece o seu crescimento", explica um comunicado do CSIC. Acrescenta que a desregulação do comprimento telomérico observada ocorreu na ausência de alterações na actividade da telomerada.
 

 

Leia tudo no:Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar