Autoestima muito importante no tratamento de problemas mentais

Estudo publicado na “Journal of the Canadian Academy of Child and Adolescent Pschiatry”

22 fevereiro 2018
  |  Partilhar:
Um estudo recente sugeriu que o melhoramento da autoperceção dos pacientes com problemas de saúde mental pode ser essencial para o tratamento dos mesmos.
 
O estudo que foi conduzido por uma equipa de investigadores da Universidade de Waterloo, Canadá, apurou que os pacientes jovens com problemas psiquiátricos que recebem cuidados em regime de internamento hospitalar, demonstraram possuir uma autoimagem inferior, particularmente em relação à autoestima global, em comparação com os que recebem cuidados através de consulta externa.
 
Para o estudo, Mark Ferro e equipa, recrutaram 47 crianças e jovens com idades compreendidas entre os oito e os 17 anos de idade e que estavam a receber cuidados de saúde psiquiátrica em regime de internamento e de consulta externa. 
 
Os investigadores mediram a autoimagem dos participantes através da escala de Perfil da Autoperceção para Crianças e Adolescentes (“Self-Perception Profile for Children and Adolescents”, no seu original).
 
“Este foi o primeiro estudo a analisar jovens com uma doença psiquiátrica, através da comparação do tipo de serviço que estavam a receber e se o mesmo estava associado à autoimagem”, afirmou Mark Ferro, docente na Faculdade de Ciências Aplicadas na Universidade de Waterloo.
 
“Sabemos que a autoestima global é inferior no grupo do internamento e sabemos por outros estudos que uma autoimagem inferior é precursora de outros problemas de saúde mental mais graves”, acrescentou o investigador.
 
A autoimagem poderá assim ser um aspeto importante a ter em consideração quando se está a implementar programas para melhorar a saúde mental de jovens hospitalizados, concluiu Mark Ferro.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar