Austrália estuda vacina contra o cancro do ânus

Homossexuais são grupo alvo

19 janeiro 2005
  |  Partilhar:

Investigadores australianos estão a desenvolver testes com uma vacina que protegeria os homossexuais do papiloma vírus humano, e consequentemente reduziria os riscos do cancro anal masculino. Os testes vão ser aplicados em homens entre 18 e 23 anos, faixa considerada de maior risco pelas investigações. O HPV é transmitido via contacto sexual e está relacionado ao cancro anal em homossexuais e ao cancro cervical em mulheres. Este tumor pode ser notado por uma espécie de verruga na área anal e genital, mas geralmente os sintomas são silenciosos. Os testes na Austrália deverão durar pelo menos três anos e uma vacina semelhante está a ser desenvolvida com sucesso nos Estados Unidos. Esta a princípio, está a ser direccionada às mulheres, como faixa de risco, mas também deverá poder ser utilizada por homens. Investigadores da Universidade de Birminhgham, no Alabama, anunciaram que estão próximos do produto final. Um estudo recente indicou que cerca de um terço da comunidade gay dos Estados Unidos é portadora do vírus. Traduzido por: MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.