Aumento nas tabelas da ADSE

Governo diz que medida pretende uniformizar regimes

27 agosto 2006
  |  Partilhar:

 

Sem aviso prévio, os beneficiários da ADSE estão, desde este mês, a pagar substancialmente mais pelas análises clínicas e exames. Os aumentos rondam, em muitos casos, os 2000%, havendo mesmo uma situação em que o agravamento do encargo para o beneficiário atinge os 4000%. Os aumentos abrangem centenas de actos clínicos, como exames de ressonância magnética e terapias de medicina física e de reabilitação.
 

 

O agravamento dos encargos para os beneficiários da ADSE é uma consequência da entrada em vigor a 1 de Agosto da nova tabela de comparticipação do regime convencionado.
 

 

Segundo um comunicado do Ministério das Finanças a nova tabela do regime convencionado da ADSE, que aumenta os custos com a saúde para os funcionários públicos, tem a ver com a necessidade de uniformizar este regime convencionado com o regime livre.
 

 

Fontes: Diário de Notícias e Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.