Aumento do consumo de potássio é benéfico para a saúde

Estudos publicados na revista “British Medical Journal”

09 abril 2013
  |  Partilhar:

O aumento da ingestão de potássio através da dieta, assim como a diminuição do consumo de sal reduzem os valores de pressão arterial e o risco de acidente vascular cerebral (AVC), de acordo com estudos publicados na revista “British Medical Journal”.
 

De acordo com os especialistas, a adoção desta estratégia poderia salvar, todos os anos, milhões de vidas. Muitos estudos têm demonstrado que a redução de sal diminui a pressão arterial e consequentemente o risco de doença cardíaca e AVC. No entanto, pouco se conhece sobre os potenciais benefícios oferecidos pelo aumento do consumo de potássio.
 

Neste sentido, os investigadores do World Food Programme, do Imperial College London and Warwick Medical School, Reino Unido, entre outros, analisaram um total de 33 estudos que envolveram mais de 128.000 indivíduos saudáveis.
 

Este estudo apurou que o aumento do consumo diário de potássio, em cerca de três a quatro gramas, reduzia a pressão arterial nos adultos. Não foram observados quaisquer efeitos adversos nos níveis lipídicos e hormonais no sangue, bem como na função renal. Um maior consumo deste mineral foi também associado a um risco 24% menor na ocorrência de AVC em adultos. De acordo com os especialistas, o potássio pode também ter um efeito benéfico na pressão arterial das crianças.
 

Relativamente ao consumo de sal, um outro estudo liderado pelos investigadores da University of London, no Reino Unido, analisou os resultados de 34 estudos prévios que envolveram a participação de mais de 3.000 pessoas.
 

A diminuição moderada do consumo de sal, durante quatro ou mais semanas, conduziu a uma diminuição significativa nos níveis de pressão arterial em indivíduos com pressão arterial elevada e normal. Este efeito foi verificado tanto em homens como em mulheres e era independente da raça dos indivíduos. Resultados semelhantes foram encontrados numa segunda análise de 56 estudos. Foi ainda verificado que esta redução de sal não tinha efeitos adversos nos níveis lipídicos e hormonais no sangue bem como na função renal.
 

Com base nestes resultados, a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou as primeiras orientações no que diz respeito ao consumo de potássio, aconselhando os adultos a ingerir mais de 4g de potássio por dia. Esta organização também recomenda um consumo diário de sal menor que 5g, que corresponde a cerca de uma colher de chá, por dia, por pessoa. A OMS estabeleceu igualmente como objetivo a redução média de 30% de sal pela população adulta em 2025.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.